domingo, 23 de setembro de 2007

Estesia

Bora Bora, Mallet M.K.



Que se faça a luz
posto que há muito
se traduz
o meu caminho por penumbra
e a minha vida por sombra

Luz: a que sucede ao
crepúsculo,
a que advêm de um
ósculo
a que de dor, tão intangível
me atinja,
me fira as vistas
e me faça enxergar

Que se faça a música
posto que há muito
uma rústica
balbúrdia retine inclemente
como uma grande torrente

Música: a que destoe tanto
quanto possível do barulho
vigente
que ressoe, e tão dissonante
me tanja,
me adivinhe o timbre,
e me faça ecoar

Que se façam as cores
posto que há muito
minhas dores
em preto-e-branco desbotado
pincelaram um painel entrecortado

Cores: que sejam tão policromáticas
quanto possível, numa tela
expressionista
que impressionem e imprimam
a alegria
que de inopino desbotaram
e insisto em recobrar

Que se faça a palavra
posto que desde muito
escalavra
no verbo, nos escritos
e no papel, o que não foi dito

Palavra: que a mentira
se faça falácia e o verbo
se faça flor
que transforme a forma
e transfigure a dor
em algo novo e belo,
prestes a desabrochar...

Que desabroche, então
em luz, música, poesia e cor,
verbo, forma, vida e amor...
*
*
*

17 comentários:

Van disse...

Flehr, querido...
Sejam feitas as tuas vontades todas!
E que tudo venha ao teu encontro e seja despejado em tuas mãos. Música, cor, poesia, amor....
Lindíssimo poema. Irretocável. Perfeito.
Um dia eu aprendo a escrever assim!

Tem algo pra você no e-mail (do msn).
Depois passe por lá pra ver, tá?

Beijuca

Eliana disse...

Luz, música, cores... amor...vida!!! Também quero!
Lindo isso!!!
Beijosssss

ANA PAULA disse...

Que desabroche com a primavera, para você para todos nós!
Este é um dos meus preferidos, se permite!
Bjs

Lidiane disse...

Adão.

Lembro de quando postou esse poema.
Lembro da flor branca.
Relendo, acho ainda mais tocante.
E sabe, uma nova luz vai se fazer daqui a poucos dias. E sei que vai ser a mais brilhante delas.

Beijos com carinho, saudade de você e dos meninos.

Crys disse...

Eu acredito que os poemas tem a força para guiar nossos pensamentos pelos nossos proprios experimentos, pelo nosso eu. A beleza da tua poesia é merito teu, mas o encantamento está em quem lê. Bjos

Van disse...

Procurando novidades......
Não tem ------ Vale o beijo de Bonna notte então!

Beijuca

Edson Marques disse...

Fiat Lux!!



Obrigado pela visita e pelos comentários.

Estava tudo maravilhosamente bem.
O blog MUDE é o mais visitado do weblogger:
Quase 300.000 acessos; cerca de 400 visitas por dia.
Ou seja, tudo perfeito para continuar assim.
Acontece que é preciso mudar...
Aliás, eu proponho que toda relação deve acabar no Pico.
Então resolvi levar meus corações para uma nova geografia.
Mudei.

Na verdade, um breve salto profundo.

E agora estou escrevendo no www.mude.blogspot.com

Quando puder, venha dançar no arco-íris da casa nova.

Abraços, flores, estrelas..
.

Fernanda Passos disse...

Nossa Adão! Demorou, mas quando chegou a nova poesia foi pra arrebentar a escuridão, explodir o monocromático e transformar o preto e branco desbotado em um arco-íris de palavras muito bem colocadas. Você é muito BOM.
Belíssima poesia.
Bj.

Sheherazade disse...

Que assim seja, Neo-Messias! Esta obra "periga" ficar mais completa que a do Outro, já que Ele deixou também, pra nós, todos os contrapontos de luz, poesia, cor, verbo, forma, vida e amor ... Embora tenha, ainda, nos brindado com o livre-arbítrio para poder driblá-los.

Beijos. Lindo poema!

Van disse...

Oi bonitinho sumido....
Sei que você não gosta, mas eu não podia te deixar de fora. Então tem mais um presentinho pra você lá no VAN Filosofia!
Não podia não citar você. Levo minhas indicações a sério e assim, aproveito pra divulgar seu espaço tão maravilhoso.

Se não quiser repassar, não precisa. Basta aceitar.
Enfim.... É isso!

Presente dado! (você merece)

Saudades.....
Beijuca

Fernanda Passos disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
a Van já disse q vc n gosta,mas tem surpresa pra ti lá no Prosa na Veia.
Chega lá. ;)
Bjsssssssss

LÉA MARTINS disse...

Adão,
Felizzzzz por vc!!

bjs / LÉA

BEATRIZ MENDES disse...

Estou passando para ver novidades (sempre belas) e te desejar um final de semana maravilhoso!

Beijo,
Bia

MURILO CAMPOS disse...

Adão,
Estesia é a exata tradução do sentimento que traduz as suas palavras.

Escreves cada dia melhor.
Abs

Claudinha disse...

Que assim seja! Que seja ouvido pois este poema é uma oração, rica em sentimentos nobres! Beijo!

Tamara disse...

Escuridão é a ausência de luz - certa vez, eu ouvi.

........
A luz não pode ferir...

Toca suavemente. Desata o nó da venda que tapa os olhos e explode como o estalar de um beijinho.

........
A música é poderosa.

Eu consigo imaginar um deus dançante banhando-nos com sua embriaguez. Tão poderoso e forte que é capaz de nos envolver facilmente.

........
Cores!

A(cor)DAR. Acordar. A cor dar.

Fica em P&B tão somente onde não tocamos com o pincel.

........
Simplesmente, lindo e sensível:

"Palavra: que a mentira
se faça falácia e o verbo
se faça flor
que transforme a forma
e transfigure a dor
em algo novo e belo,
prestes a desabrochar..."

........
Eu e essa minha maneira de pensar (e alto ainda!).

Adão,

Saudade e acho que estou de volta. Ou talvez, nunca fui embora. Ou ainda, nunca estive... sei lá.

B-joletas

Van disse...

Querido........

Que saudades!!!!
Sumiu!
Espero que esteja tudo bem!

Beijucas

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.