terça-feira, 12 de dezembro de 2006

Torcendo para a quarta-feira de cinzas...



Todo dia um "ninguém josé" acorda já deitado
Todo dia, ainda de pé, o "zé" dorme acordado
Todo dia o dia não quer raiar o sol do dia
Toda trilha é andada com fé de quem crê no ditado
De que o dia insiste em nascer
Mas o dia insiste em nascer
pra ver deitar o novo

Toda rosa é rosa porque assim ela é chamada
Toda bossa é nova e você não liga se é usada
Todo o carnaval tem seu fim
É o fim...
.
Toda banda tem um tarol, quem sabe eu não toco?
Todo samba tem um refrão pra levantar o bloco
Toda escolha é feita por quem acorda já deitado
Toda folha elege um alguém que mora logo ao lado
E pinta o estandarte de azul
E põe suas estrelas no azul
.
Pra que mudar?

Deixa eu brincar de ser feliz,
deixa eu pintar o meu nariz !
.
(Todo carnaval tem seu fim, Marcelo Camelo)


Na semana que passou tivemos o fecho de ouro para um ano "inesquecível": por falta de quórum o deputado José Janene foi absolvido pela Câmara dos Deputados das acusações de quebra de decoro parlamentar, por "supostamente" ter recebido R$ 4,1 Milhões do "valerioduto". O caso que teve apenas três mártires (deputados cassados, entregues à mídia como cota de sacrifício), quatro renúncias e doze absolvições, foi encerrado, assim como este ano, numa escandalosa pizza.

Enquanto isto, a doméstica Angélica Aparecida Souza Teodoro, 18 anos, sem antecedentes criminais, segue atrás das grades por tentar roubar de um mercado um pote de 200 gramas de manteiga, no valor de R$ 3,10, em São Paulo. Sem fazer qualquer julgamento de valor, pergunto: este fato deveria nos fazer crer que a justiça não é tão ineficiente para alguns segmentos da sociedade?

Para mim, chega. Este ano, já era.

Assim como os chineses e os judeus, o meu ano novo está fora do calendário gregoriano.

O "espetáculo" do encolhimento do PIB, o vexame na copa do mundo, o escândalo do Valerioduto, o escândalo dos sanguessugas, a decepção vencendo a esperança, a desfaçatez cuspindo em nossos rostos, o gran-finale da "pizza dos sem quórum" à moda do chefe...

Perdoem-me lembrar tanta coisa desagradável, mas para mim, o ano acabou mais cedo. E eu adoro uma retrospectiva...

Para vocês, um feliz e NOVO ano novo.

Deixem-me brincar de ser feliz, pintar o meu nariz. E torcer fervorosamente para a quarta-feira de cinzas...

17 comentários:

Lidiane disse...

Primeirona de novo!
:P

Tou ficando boa nisso. :)

Querido Flehr.

Uma vez, pensei em três coisas que nunca poderia perder: minha indignação, minha curiosidade e minha alegria de viver.
A indignação para que eu nunca fosse conformista e me acostumasse com a não-ética. A curiosidade para que eu descobrisse a mim e ao universo todo dia. E a alegria de viver para que, mesmo indignada e descobrindo coisas que nem sempre são boas, eu ainda sim, tivesse forças para achar que o amor e a vida valem a pena.
E eu acho.

Beijo com carinho.

Lidiane disse...

E... feliz ano novo.
Todo dia!

ANA SEABRA disse...

O ano foi mesmo difícil, Adão. E ainda bem que ele está acabando.
Apesar de tudo, eu não posso me queixar tive algumas boas conquistas. Mas quero sempre um ano novo melhor. A insatisfação é um dos ingredientes para o sucesso!


Beijinhos,

LÉA MARTINS disse...

"Se Deus quiser, tudo, tudo vai dar pé"
Vai melhorar, com certeza.
Um feliz ano novo para vc também!!!! hehehe

bjs / Léa

CRISTIANE LINS disse...

Adão,
Desejo que este novo ano desbroche dentro de cada um de nós, para que possa refletir exteriormente tudo o que queremos que mude.

E que seja um feliz e novo ano novo!

Beijos,
Cris

BEATRIZ MENDES disse...

Olha, vai faltar tinta para pintar tanto nariz!
Num ano de tantos contratempos, ao menos chegamos a salvo até o final!

E que o novo ano seja construído por nós, a cada dia.


beijo,
Bia

Gabriel Flehr disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Gabriel Flehr disse...

oi pai. O texto do palhaço é muito bacana. E o que você escreveu tambem. Mas você vai mesmo pintar o nariz?

ALEX FERREIRA disse...

Caro Adão,
Eu não lembro a origem, mas há algum tempo, eu li algo que dizia assim... "Não importam se Dezembros ou Janeiros, os meses, os anos, dias e horas são idênticos. Não mudam, são estáticos, são os mesmos um após os outros. Se não mudarmos, nós mesmos, interiormente... "
Não está ipsi literi... mas o sentido era esse mesmo, e me marcou bastante.
Não é um excelente pensamento?

forte abraço!

LÍVIA MORAES disse...

Adão, desejo então que este carvanal de vergonha se transforme em carnaval de alegria e o ano novo seja muito bom, para todos nós!
Bjs

ANA PAULA disse...

Apesar de adorar Los hermanos e esta música em especial, só depois de ler aqui, no contexto do que você escreveu, é que eu descobri algumas nuances da letra!
E como ela encaixa tão exata em nossa realidade! Coisa que você bem radiografou.
mas como "o dia insiste em nascer" sempre haverá tempo para "brincarmos de ser feliz" de verdade!!

Beijos

ANA PAULA disse...

Ah! e feliz ano novo para você também!!

beijos

SAMARA DIAS disse...

Querido Adão,

Enquanto ainda tivermos a possibilidade de parar e dizer "chega, para mim basta", ainda estaremos no lucro. Pior são aqueles que não tem mais voz para gritar, ou ainda, aqueles que nem desconfiam que tem o direito de parar "o jogo".

Com carinho

CLAUDIO SANTOS disse...

BROTHER , O ANO ESTA SENDO MESMO DIFICIL COM PH, MAS TA VALENDO!


ABRAÇOS,
CLÁUDIO

Vera Fróes disse...

Adão, desculpe o sumiço, mas como vc posta pouco e pouco apareçe lá no Verdes, na correria acabo não vindo ver se tem poste novo.
Depois disso teve coisa pior ainda, o aumento que os parlamentares se deram de 90,7%.

Nas se alegre hoje comigo. Meu time, o Inter, ganhou do Barcelona e é Campeão do Mundo. Tô feliz pra caramba...

Bjos.

Ana Paula disse...

Adão, e não é que vc é mesmo profético? Basta olhar para as últimas notícias... aumento de quase 100% dos congressistas... dá vontade mesmo de pintar o nariz, ou melhor, nem precisa né?

Beijinhos

Lidiane disse...

Com saudade de ler você.
E aí? :P

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.