domingo, 15 de outubro de 2006

Estesia


"Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus
se sabias que eu era fraco."
(Poemas de Sete Faces, Drummond)
***
Que se faça a luz
posto que há muito
se traduz
o meu caminho por penumbra
e a minha vida por sombra

Luz: a que sucede ao
crepúsculo,
a que advêm de um
ósculo
a que de dor, tão intangível
me atinja,
me fira as vistas
e me faça enxergar

Que se faça a música
posto que há muito
uma rústica
balbúrdia retinia inclemente
como uma grande torrente

Música: a que destoe tanto
quanto possa do barulho
vigente
que ressoe, e tão dissonante
me tanja,
me adivinhe o timbre,
e me faça ecoar

Que se façam as cores
posto que há muito
minhas dores
em preto-e-branco desbotado
pincelaram um painel entrecortado

Cores: que sejam tão policromáticas
quanto possível, numa tela
expressionista
que impressionem e imprimam
a alegria,
que de inopino desbotaram
e insisto em recobrar

Que se faça a palavra
posto que desde muito
escalavra
no verbo, nos escritos
e no papel, o que não foi dito

Palavra: que a mentira
se faça falácia e o verbo
se faça flor
que transforme a forma
e transfigure a dor
em algo novo e belo,
prestes a desabrochar

Que se faça em luz, música, poesia e cor,
em verbo, forma, vida e amor...
.

21 comentários:

Lidiane disse...

Que se faça você.

Você: que voa, que ama, que enche de cor o verbo e que faz da forma, liberdade.

Eliana disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Eliana disse...

Que assim sejas feliz!!!!!!

Anônimo disse...

oi pai


abç

Anônimo disse...

oi pai seu texto e melhor




abç gabriel

CRISTIANE LINS disse...

Adão,
Bela imagem e belo texto, que a beleza sempre seja parte integrante de sua vida!

beijinhos,

ANA SEABRA disse...

Adão,
É esta a música?

“Luz, quero luz,
Sei que além das cortinas
São palcos azuis
E infinitas cortinas
Com palcos atrás"

É do Chico. Muito Linda.

Bjs,

BEATRIZ MENDES disse...

"Que a vida seja uma estrada reta, e mesmo seguindo por atalhos oblíquos, que alcances todos os seus objetivos."

Beijos,
Bia

ANA PAULA disse...

Nossa, tá inspirado!

uma boa semana procê!

beijo

MARCELO disse...

Amigo Adão,

Obrigado por mais um belo poema.

Abraços,

LORENA disse...

Desejo que a luz, a música, a poesia e as cores façam sempre parte de sua vida, e que vc sempre possa transbordá-las em forma de palavras.

Beijos,

Vera Fróes disse...

Adão, que tão bem sabe juntar as palavras e transformar numa linda poesia. Admiro quem escreve com arte porque não nasci com esse dom.

Bjos.

SAMARA DIAS disse...

Sempre que venho aqui, eu saio enlevada, leve, feliz pelo que leio e por você que escreve.


Beijos e carinhos,

Tamara disse...

Você traduz a simultaneidade e multiplicidade da luz e da música na linearidade sucessiva das palavras e das cores.

A-DO-RO-TE!

B-jos.

Tamara disse...

O que mais consegue prever, Adão {risos}?

Quando eu li o "Estou ORGULHOSO por você" fiz bem aquela cara de vergonha cruzando os braços {risos}.

B-jinho, você é um doce {mais doce que o doce de batata doce}!!!

Vera Fróes disse...

Adão, que bom que vc tem gostado do Verdes. Por gostar do que escreves no Poesia Eletrônia, já tinha te linkado.

Bom findi.
Bjos.

Lidiane disse...

Nhé, nhé.
:P

Aposto que vc já ouviu mil vezes.
;)

Eliana disse...

Oi, gostei da idéia. Coloquei o seu link no meu blog. Confesso que apanhei um pouco, mas consegui! Bjs

michele disse...

saudade doce saudade...
saudade desta pessoa límpida que exatamente por isso deixa seu rastro de gentileza e carinho por onde passa.
obrigada por isso, muito obrigada.
deixo-te um abraço bem apertado e extremamente carinhoso como demonstração de saudade.

susana disse...

dói de sincero, isso...

SILA GÓES disse...

Adão, que belo poema. Tantas vezes eu me sinto assim, parece que você radiografou a minha alma.


Um beijo grande

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.