segunda-feira, 26 de junho de 2006

Matéria-prima para construir um país

O post anterior suscitou algumas discussões em torno da necessidade de conscientização de nosso povo contraposta com a nossa capacidade de realizações inata , tão decantada aqui e no exterior.

Estes assuntos sempre são polêmicos, alguns acham que nós brasileiros somos uma "sub-classe", "um povinho de terceiro mundo destinado a pastar na ignorância e na miséria", outros acham heresia tocar em nosso santo nome em vão e enaltecem nossas qualidades em relação aos outros povos.

No futebol então... quem torce com apaixonado patriotismo é “deslumbrado” e quem lança um olhar crítico para analisar qualidades e defeitos do time é “traidor da pátria”.Tudo isto, bem entendido, proferido por nós mesmos!

De qualquer forma este extremismo radical, este “oito ou oitenta” nos acompanha de muito e são poucos os que analisam qualquer coisa neste país com uma visão ponderada.

De minha parte, recebi algumas críticas por tocar neste assunto aqui neste blog, muitos gostariam que ficasse somente nas prosas e poesias , mas como a minha proposta é estimular a discussão sobre tudo o que considero relevante, não posso deixar tocar neste assunto e em tantos outros: religião, política, futebol, arte, costumes e o cotidiano, tudo está aí ao meu redor e me pertence. E mesmo que a minha opinião não seja exatamente a melhor e a mais acertada, é a melhor que eu posso oferecer.

Esclareço que sou um brasileiro confiante em nossas potencialidades, entusiasmado com tudo que nossa gente já fez e principalmente, ainda pode fazer. Nos dias dos jogos, eu visto a camisa, toco corneta e torço como louco. E espero que o jogo de amanhã, Brasil x Gana, não se transforme em Brasil (en)Gana e que todas minhas restrições em relação ao técnico Parreira estejam erradas.

Contudo, em relação ao nosso crescimento como nação, concordo com um texto que circulou bastante na Internet, atribuído a João Ubaldo Ribeiro, denominado “Matéria prima para construir uma nação”, em que são diagnosticadas as doenças e identificados os doentes. É um texto fantástico. Para que não conhece leia aqui.

E mais não digo, pois tenho que providenciar as bebidas para o jogo de amanhã...

11 comentários:

Lidiane disse...

Adão, querido.

Viva a liberdade de expressão.
O que é sentido tem de ser dito.
Falado, gritado, escrito...

Estou com você.

Beijos.

P.S. Adoro João Ubaldo Ribeiro, meu conterrâneo, aliás! ;)

Tamara disse...

Eu A-DO-RO assunto polêmico. E também A-DO-RO pros{e}a{r}...

......
Meu, "Gana não Ganha", "Brasil Ganha!". Iupiiiii, nem fazer barulho com apito eu não pude, porque assisti na empresa. Mas a FINAL que me acorde, estarei de féeeeerias.

B-jos.

Alex Ferreira disse...

eu já conhecia o texto e concordo em gênero, número e grau. Mt bem postado por vc!

um abraço,
Alex

Adão Flehr disse...

Lidiane,

E eu com você. João Ubaldo é nosso conterrâneo, lembra? Também sou da terrinha...
Um "cheiro" p/ você.

Tamara,

Que coisa boa, férias!!! aproveite e vamos torcer para que nosso time chegue até a final.

B-jos

Lidiane disse...

Adão.

Sempre meigos os seus comentários.
Bons de ler.
E reler.

Beijos e sonhos pra você.
;)

Léa Martins disse...

Adão,

Eu já tinha lido, mas valeu reler... tem muita verdade nua e crua lá.
bjs / Léa

CLÁUDIO SANTOS disse...

FALA BROTHER, GOSTEI DO SEU BLOG. PARABÉNS.

ABRAÇOS DO AMIGO,

CLÁUDIO

Dom disse...

Concordo com você no que se refere a tratar de temas relevantes no blog. Creio que cada um de nós, brasileiros, é formador de opinião, de maneira que quando usamos nossos recursos (no caso, o blog) para influenciar e ser influenciado intelectual e culturalmente, estamos tornando o Brasil um país melhor de se viver. Espero que você continue a debater esses temas - pois muito me agrada ver que não estou só, nesse sentido.

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.