domingo, 2 de setembro de 2007

Pas de deux en ciel

A mão soluça e numa leve dança,
percorre muda o contorno do rosto,
desejo e gosto,
calafrio,
de quem colhe num jardim suspenso
em sonhos,
frágil e bela flor,
suave torpor
de botão em cio

Desabrochando em sol no oriente
de meu peito, horizonte solitário
na ânsia impotente de conter
caldeira ardente
que sem querer,
derrama paixão

Transformando em verão
todo inverno ou outono,
primavera, delírio febril,
calor e tesão,
em qualquer estação

Os olhos fugitivos se entregam
e mergulham,
perdidos se encontram, juntos aos seus,
mistério castanho profundo
em horizonte calmo e denso,

estrela cintilante,
brilho intenso em céu distante
tão próximo dos meus

-Devo fugir ou desejo morrer?
por que perguntar?
doce morte seria encontrar
anjo vadio brincando no véu
de estrela brilhante,
paixão cintilante
tecida no céu...


imagem: Pas de deux, Tracy Curtis
.

16 comentários:

LORENA disse...

Adão,
Estou aproveitando esta tarde cinzenta e colhendo mais uma pérola de sua obra. E que linda pérola!

Um bom final de domingo.

LÉA MARTINS disse...

Conheço este! conheço e amooooooo!!!

bjs / Léa

SAMARA DIAS disse...

Adão,
Olha eu aqui mais uma vez!

Que poema apaixonado e apaixonante!

Uma excelente semana para voce

Rossana disse...

Ai ai ai...
Que coisa linda!!!!!!
parabéns amigo!
Beijos

Lidiane disse...

Como eu já havia falado, nem toda mulher tem a sorte de ganhar um poema desses.
Sorte que eu ainda não tive.
Não desse jeito tão lindo.

Beijos, amigo querido.
Em você e nos pimpolhos.

BEATRIZ MENDES disse...

Quanta delicadeza, sentimento e beleza em seus versos, Adão!

Será que alguém ainda escreve algo assim para mim? rsrsrs

Beijo,
Bia

Van disse...

Lindo, Adão!
Ler-te é delicioso e intenso!
Beijuca

ANA SEABRA disse...

Puuuuuuuuuuuxa!!!
Eu quero um destes para mim, também!!!
Lindo, lindo, lindão!!!
Bjos

CRISTIANE LINS disse...

Adão,
Quero te desejar um magnífico começo de semana.
Magnífico como seu poema!
Sem muitas palavras para definir.
bjs,
Cris

LÍVIA MORAES disse...

De onde tira tanta inspiração?
Eu me arrepiei ao ler!


um beijão

SILA GÓES disse...

Parabéns pelo lindo poema!

Beijos

Fernanda Passos disse...

Quanta inspiração Adão. belíssima poesia. E a imagem? Perfeita.
Um grande beijo.

ALINE disse...

Oi Adão!
Faz muito tempo, né? Mas tive sorte pois cheguei num momento cheio de inspiração! Sorte da musa!
bjs

ANA PAULA disse...

Adão!
Eu viajei nestes teus maravilhosos versos!! E de primeira classe, é claro!
Bjs

MURILO CAMPOS disse...

Bravo, Bravo!

Eliana disse...

Coisa mais linda! Como tanta paixão pode caber em um só poeta?

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.