quinta-feira, 19 de julho de 2007

O que doam as mãos...


"Toda vez que estendemos uma mão para doar algo, o universo nos estende inúmeros pares de volta, em retribuição"

Eu aprendi recentemente uma técnica sobremaneira eficiente para aliviar a enorme carga cotidiana de mágoas e ressentimentos que nutrimos em relação aos outros. Aprendi que estes tipos de sentimentos são os maiores responsáveis por inúmeras disfunções em nosso organismo, conhecidas como doenças.

Eu gostaria, desta forma, de compartilhar este método que eu testei e posso assegurar que funciona!

Ao menos uma vez por semana, num ambiente calmo e silencioso, feche os olhos e deixe-se relaxar por vários minutos.

Então, imagine-se sentado em um teatro, com um pequeno palco à sua frente.
Ponha nesse palco as pessoas das quais tem mais ressentimento. Pode ser alguém de seu relacionamento atual ou do passado, vivo ou morto. Mas deverão ser as pessoas que você mais antagonize. Coloque uma de cada vez. Procure ver esta pessoa com clareza, e então, visualize coisas boas acontecendo a ela, coisas que teriam um grande significado em suas vidas. Veja-as sorrindo. E felizes!
Mantenha esta imagem em sua mente por alguns minutos e depois deixe que ela esmaeça.
Quando a pessoa sair do palco, coloque-se lá. Veja coisas boas acontecendo a você. Veja-se, também, sorrindo e feliz. Tome consciência de que a abundância do Universo está disponível para todos nós!

Este exercício dissolve as nuvens escuras do ressentimento que a maioria de nós carrega, mesmo sem perceber. Para alguns, será muito difícil de fazê-lo. Mas acredite, nunca é impossível perdoar. É receita antiga e certeira...


obs: Exercício extraído do livro “You can heal your life", Louise L. Hay

5 comentários:

Rossana disse...

Sentimentos como raiva, ódio.. certamente só fazem mal a quem os carrega.
Perdoar é divinal!!!
Ajudar é obrigação e não favor...

sabe, vivemos num mundo onde honestidade passou a ser virtude quando ela não passa de uma obrigação de todos nós.

Beijos

Ana Paula disse...

Infelizmente, é mais fácil para nós estender a mão para ferir do que para ajudar... gostei desta prática!

beijo

LÉA MARTINS disse...

Que alah, Krishna, oxalá ou Deus digam amém!

Tamara disse...

Vou fazer o teste depois respondo, só não sei quando...

Mmm, sim.

No momento do Yôganidrá.

Boooa, Adão!

Lidiane disse...

Sabe o melhor?
Eu vou ganhar o livro.
Ebaaaaaaaaaaaaa!
:)

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.