quinta-feira, 23 de novembro de 2006

O tempo não pára!


"O melhor é afrouxar as rédeas à pena, e ela que vá andando, até achar entrada. Há de haver alguma; tudo depende das circunstâncias, regra que tanto sirva para o estilo como para a vida; palavra puxa palavra, uma idéia traz outra, e assim se faz um livro, um governo ou uma revolução"

Machado de Assis, em "Primas de Sapucaia!" de "Histórias sem data"


Então, estava eu em algum ponto remoto deste mundinho digital à procura do "post perdido", esperando a inspiração chegar, como quem espera táxi em dia de chuva, quando um anjo travestido de amigo, anjo destes infalíveis que trazem sempre a palavra certa no momento oportuno, chegou ao meu lado e soprou assim: - Adão, não espere... faça! pois que a vida passa rápido demais e como bem disse o Cazuza, o tempo não pára!

Estava coberto de razão, o anjo. Tudo era pura crise existencial, devido ao fato de que este blog completou um ano de existência no último dia 19!

Há um ano, então hospedado no weblogger, iniciei esta minha louca aventura virtual, que apesar de ocupar um bom tempo da minha vidinha real, é muito prazerosa para mim. E espero, para vocês também!

Depois de um mês, mudei para o Blogger, pois o weblogger é um provedor nacional semelhante a uma estátua grega: bela e interessante, mas inerte e inoperante... Desde então, não tive maiores problemas técnicos de provedor que me impedissem de postar, apenas os meus próprios...

Desta forma, em dezembro próximo, será o aniversário de um ano de existência pelo blogger!
E é sempre bom comemorar dois aniversários por ano, não é mesmo Tamara?

Gostaria de agradecer mais uma vez a todos vocês, leitores do Prosa Eletrônica, pelo privilégio da sua companhia. Todos vocês (não muitos, porém assíduos, fiéis, inteligentes, sinceros, obstinados e abnegados) certamente irão direto para o céu: Já pagaram grande parte de seus pecados vindo aqui!


E refletindo sobre aniversários e a voracidade do tempo, chegou-me uma terrível, mas indefectível pergunta:

O que você fez de sua vida, até aqui?

E antes que eu pudesse formular qualquer resposta, chegou-me o complemento da primeira pergunta, ao mesmo tempo alentador e inquietante:

E o que você fará, a partir de agora?


E para combinar com o grito de silêncio que eu venho oferecendo aos meus leitores, como imagem ilustrativa deste post, ofereço uma tela em branco, convidando todos ao novo!

Pois que o futuro muda a cada segundo e nada mais é do que uma tela em branco esperando pelo pintor, uma partitura limpa esperando pelo músico, uma estrada deserta, à espera de um par de pés, o silêncio à espera do verbo, o vazio à espera do amor. O seu futuro está, aqui e agora, à sua espera.

15 comentários:

Eliana disse...

Estou aqui sentada, tomando meu café com leite, lendo sobre anjos, aniversários e recomeços. Sobre o futuro que muda a cada segundo.
Fico pensando que este momento de prazer começou há muitos anos, em uma sala de aula, onde conheci uma grande amiga, um dos meus anjos. Pois esse anjo me trouxe muitas coisas boas. Você é uma delas.
Vida longa ao seu blog! Muitos recomeços pra nós todos! E uma vida por demais interessante....
Beijos e beijos

Rossana Monteiro disse...

E então... eu, aqui sentada, não com café mas com um copo de água geladinha (até porque, a preferência nacional já saboreei no almoço), me deparo com a quebra de um silêncio virtual justificado pela ausência de inspiração. Não acredito que a inspiração tenha faltado, só mesmo se por vergonha. Vergonha sim, proveniente de timidez, afinal, não é sempre que ela, a inspiração, se veste tão bela para nos presentear e vc, Adão, sabe,m perfeitamente, "vestí-la".
O silêncio só valeu a pena porque foi despedido de forma triunfal, afinal, aniversários, anjos, futuro... ESPERANÇA!!!!
Parabéns pra esse cantinho tão especial!!!
Adoro-te.

PS.: Cabe lembrar que acabei de ler lindos textos de 2 anjos. Você e essa moça linda aqui de cima.

Lidiane disse...

Adão.

Um ano é importante. Um monte, mas sabe... gosto de contrariar e de desaniversários.
É aquele todo dia, aquele do cotidiano. O que ninguém lembra mas faz do passo nosso de todo dia, uma estrada longa e real.
Pra você, hoje: feliz aniversário.
E todo dia, meu amigo Adão: lindos, enriquecedores e deliciosos desaniversários.
Ever!

Beijo.

Lidiane disse...

Esqueci de dizer o que quero fazer da minha vida a partir de agora.
Ser mais leve, Adão.
Tão leve que uma preocupação iria parecer um ótimo motivo pra aprender e um problema, uma torta de limão. Azedinha e bem fácil de digerir.

Un besito.

Lidiane disse...

P.S. E como é madrugada e estou estou surtada, escrevi de um jeito que parecia seu aniversário, mas é do Prosa.
Eu sei, eu sei... :)

Muito café!
:P

LÉA MARTINS disse...

Apareceu o margarido!!!! Já estava em tempo!!! E voltou instigante, heim?
Olha, todo dia tento fazer algo novo, mesmo que seja para depois desfazer!
Parabéns por este aniversário, que se repita muitas vezes, pois isto aqui vicia!

sds / Léa

ANA PAULA disse...

Querido,
Estava morrendo de saudades! Vinha sempre aqui para reler os antigos textos! Adorei este novo! Parabéns pelo aniversário do blog! Bjs!

CRISTIANE LINS disse...

E eu estava à espera do escritor!
Que bom que voltou!

Bjs,
Cris

BEATRIZ MENDES disse...

Adão,
Sempre bom te reler, mas é melhor ler um inédito. Meus parabéns e prossiga escrevendo pois "seus fãs" exigem! rsrsrsrs e corta essa de "pagar os pecados", nada disto. Vir aqui é mesmo sublime!

Beijos,
Bia

ANA SEABRA disse...

Um passarinho me contou que tinha flores novas aqui. E como bom beija-flor, vim aqui conferir e sorver o conteúdo das tuas palavras! Viu? tô inspirada hoje!

Querido, bom retorno e ótimo aniversário de blog!

beijinho

LORENA disse...

Querido,

Saudades de você e de seus escritos.
Parabéns pelo aniversário. E que sejas feliz, aqui e agora.

Edson Marques disse...

Adão,


Teus textos cada vez me ancantam mais...

Abraços, flores, estrelas!

Adão Flehr disse...

Eliana e Rossana, recentes leitoras, porém amigas tão queridas quanto gentis...

Lidiane, um parágrafo é todo seu!

E Tamara, outro só para ti...

Léa, Cris e Bia, Alex, Ana, Paulinha, Lorena, Samara...

E oportunamente, Edson! Vc foi o responsável pela motivação necessária para que eu fizesse e mantivesse este blog e em consequência disto, deste aniversário!

A todos vcs, o meu obrigado e o carinho mais sincero!

Michele disse...

Coisa boa é ler-te.
Bjos também com saudades e muita, viu?

Tamara disse...

Duas comemorações!!!
Senti-me familiarizada com isso, se precisar de uns toques {hehehehhe} é só falar...

......
Pelo agradecidamento, digo que é por nada. Ou melhor, digo que venho porque gosto. E é minha "obrigação" fazer com que você saiba disto.

......
O que você fez de sua vida, até aqui?
Eu sobrevivi, querido, Adão. Sobrevivi.

E o que você fará, a partir de agora?
Vou viver, já que os fantasmas foram exorcizados.

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.