quarta-feira, 28 de dezembro de 2005

Um.

Rogo aos céus numa mistura de prece e canto
e agradeço por tudo que perdi...
os sorrisos tristes, os abraços mornos
os gozos alegres, os beijos tortos

E sei que pela vida não somente vivi...
morri todos os momentos, passei por tantos caminhos
que durante cada partida, não lamentei que parti...

E como o sol após a lua
o orvalho após a chuva
amanhece mais um dia e a certeza de estar aqui

Sermos dois, três ou mais
sabermos que cada partida
leva a um novo retorno,
leva a um outro caminho
que nós já passamos algum dia

Nós dois, três ou mais,
na certeza de sermos UM.

4 comentários:

Anônimo disse...

Meu Irmão ! Parabéns pelo site. Fico orgulhoso. Mais ainda em saber que as poesias são suas. Muito comovente e inspirador.

Parabéns MESMO !

Luciano Flehr

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»

Anônimo disse...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»

Postar um comentário

As opiniões aqui postadas são de responsabilidade de seus autores. O Autor do blog somente se responsabiliza pelo conteúdo publicado e assinado pelo próprio.